ANUNCIE AQUI

Rodoviária de Americana - Notícias

Com investimento de quase R$145 mi, obras do Corredor Metropolitano Noroeste são iniciadas em Nova Odessa

30/12/2013

Prazo para conclusão das obras é de 12 meses; investimento do Governo do Estado é de quase R$ 145 milhões

Após a cerimônia que marcou o início das obras do 3º trecho do Corredor Metropolitano Vereador Biléo Soares (Noroeste), em Americana, na manhã deste sábado, dia 28 de dezembro, o prefeito de Nova Odessa, Benjamim Bill Vieira de Souza, recepcionou o secretário de Estado dos Transportes Metropolitanos, Jurandir Fernandes e o diretor-presidente da EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo), Joaquim Lopes, para marcar oficialmente o início das obras também na cidade.

O investimento total do Governo do Estado, através da Secretaria dos Transportes Metropolitanos é de quase R$ 145 milhões e a empresa vencedora da licitação e que será responsável pela execução das obras é a Estacon Infraestrutura S/A. O prazo para conclusão das obras está previsto para dezembro de 2014.

“Desde 2001, quando fui vereador em Nova Odessa, já lutava para que pudéssemos implantar o corredor metropolitano em nossa cidade e garantir mais segurança para a nossa população que ia de uma cidade para a outra e muitas vezes dependia do transporte público”, contou o prefeito Benjamim Bill Vieira de Souza.

“Tenho orgulho em estar prefeito da cidade e iniciar junto ao secretário de Estado dos Transportes Metropolitano, Jurandir Fernandes e o diretor-presidente da EMTU, Joaquim Lopes, esta importante obra que vai trazer ainda mais progresso para nossa região. Recebemos muito apoio do Governador Geraldo Alckmin e também dos deputado Cauê e Vanderlei Macris e hoje essa conquista já é uma realidade para a região e quem ganha é a nossa população”, agradeceu Bill. “Estou muito contente em fazer parte de um grupo sério que luta pelo crescimento do nosso país. Nova Odessa vai crescer com responsabilidade”, completou.

O trecho de 24,3km do Corredor Metropolitano ligará os municípios de Nova Odessa, Americana e Santa Bárbara d'Oeste com 13,6km de faixas exclusivas para ônibus e 10,7km de adequações e melhoramentos no viário existente.
Em Nova Odessa, as obras incluem a reforma geral do Terminal Rodoviário e a construção do Complexo Viário Jean Nicolini. Também está previsto a construção de dois novos terminais (Americana e Santa Bárbara d'Oeste); a construção de três novas estações de transferência (São Paulo, em Santa Bárbara d'Oeste; Amizade, na Divisa Americana/Santa Bárbara d'Oeste e Nova Odessa) e a Transposição do Córrego Mollon, em Santa Bárbara d'Oeste.

“Agradecemos o apoio do prefeito Bill e também dos vereadores de Nova Odessa que muito nos ajudaram neste importante projeto. Temos que ligar as nossas cidades e essa nova fase do empreendimento terá faixas exclusivas que vão melhorar a regularidade do serviço e o padrão de conforto”, ressaltou o secretário de Estado dos Transportes Metropolitanos, Jurandir Fernandes.

Segundo ele, o Corredor Metropolitano Noroeste também tem por objetivo permitir a criação de novos serviços de atendimentos: expressos e semi-expressos; facilitar a integração das redes metropolitanas e municipais; aprimorar o controle e a fiscalização da prestação de serviço, além de melhorar a informação e a comunicação dos usuários do serviço de transportes públicos.

De acordo com o levantamento feito pela Secretaria de Estado dos Transportes Metropolitanos, neste trecho cerca de 40 mil usuários por dia serão beneficiados. Em todo o empreendimento a previsão é de atender a 220 mil usuários/dia. Segundo os dados divulgados, os ônibus que circulam no corredor terão um ganho de 17% na velocidade média comercial, circulando a 25km/h ao invés dos atuais 21,4km/h.

Quando estiver operando em sua extensão total de 47,4Km, o Corredor Metropolitano Biléo Soares vai proporcionar redução média de 15 minutos no tempo de viagem entre os municípios, passando dos atuais 75 minutos para 60 minutos. O levantamento aponta que os benefícios se estenderão aos três milhpes de habitantes dos 19 municípios da RMC (Região Metropolitana de Campinas), que representam 7% da população do Estado de São Paulo.

“Hoje é um dia muito importante e que marca oficialmente o início desta obra. O corredor vai garantir, além de mais segurança, a integração regional e um movimento significativo para a população”, reforçou o diretor-presidente da EMTU, Joaquim Lopes.

A obra vai contemplar ciclovias ao longo da Avenida Ampelio Gazzetta, em Nova Odessa, e na Avenida Europa, em Americana. As demais ciclovias serão integradas aos projetos das administrações municipais para a modalidade. Além disso, em todos os terminais também estarão disponíveis bicicletários e paraciclos que serão instalados nas Estações de Embarque e Desembarque ao longo do corredor.

Outro importante item de destaque da obra do Corredor Metropolitano Noroeste é a acessibilidade, pois os terminais, estações de transferência e estações de embarque/desembarque serão totalmente acessíveis - com a instalação de piso podotátil, rampas e corrimãos.

O encontro também contou com a participação de diversas autoridades, entre elas o deputado Estadual Francisco Sardelli, o prefeito de Americana, Diego De Nadai, a secretária de Ação Social, Thalita De Nadai, o secretário de Governo de Nova Odessa, Wagner Morais e o secretário de Desenvolvimento Econômico, Adriano Lucas Alves.

EMTU – A EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo) gerencia 161 linhas de ônibus na RMC (Região Metropolitana de Campinas) transportando 4,5 milhões de passageiros por mês, com frota de 560 veículo (ônibus e vans).



RODOVIÁRIA DE AMERICANA
Rua Ítalo Boscheiro, 220. Campo Limpo. Americana - SP. (19) 3468.2077.
® 2014 - Rodoviária de Americana - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por estudio360º